ProNautica Lanchas & Jet Ski
-> ProNautica no Facebook
veja na ProNáutica


 

 

Carreta para jet ski
Carreta Pirâmide para jet ski

 


Chave corta-corrente

 

 

Motor de arranque

 

Coletes Jet Traction

 

Biela Hot Rods
Biela kit Pro-X





ProNáutica -
para peças e acessórios
consulte :
Tel.: (0xx48) 3232-9173
3235-2222 /
Fax: 3232-1963

 ProNáutica    >   Notícias

Últimas notícias

06/02/2017
São Sebastião poderá sediar a Abertura do 30º Campeonato Brasileiro de Jet Ski - World Qualyfying 2017
10/01/2017
1º Encontro Jet Ski Stand Up 2017
07/12/2016
2016 Season Close Update: 2x IFWA World Champion – Mark Gomez
11/11/2016
Bruno Jacob é Vice-campeão no Mundial de Motosurf - Freeride jet ski IFWA
05/10/2016
Kawasaki Ultra 310 - ano 2016 - Últimas unidades na Promoção
21/09/2016
Começa a Tríplice Coroa - Triple Crow Championship
19/09/2016
Campeonato Marina Estrela do Sul
12/09/2016
Bruno Jacob fica entre os cinco melhores no Mundial de Motosurf Freeride
07/09/2016
Passeios Floripa - A ProNáutica inicia uma nova fase oferecendo passeios, aventuras e novas experiências.
23/07/2016
Acidentes envolvendo motos aquáticas caem 60% no Brasil
17/07/2016
Bruno Jacob vence o 15º Jet Waves World Championship
11/04/2016
Bruno Jacob garante o 2º lugar no radical Wavedaze
23/01/2016
Bruno Jacob faz boa estreia no Daytona Freeride
04/12/2015
Os dez erros mais comuns de quem sai para navegar
28/11/2015
Etapa Limpeza dos Mares ACATMAR chega mais cedo na Barra da Lagoa
13/09/2015
Davi Prado é Tri-Campeão Brasileiro - Ski GP e Freestyle Pro
16/06/2015
Vejam o depoimento de Mark Gomez, um dos melhores pilotos de freeride da atualidade, sobre sua participação no IFWA World Championship 2015
14/06/2015
A Zapata Racing lança o novo Flyboard V4 e JetPack


Veja também na ProNautica:

Yamaha
Linha Yamaha
 
Sea Doo
Linha SEA DOO
 
Kawasaki
Linha Kawasaki
 
Lanchas à venda
LANCHAS À VENDA
 
Coletes, óculos, luvas
Coletes
 
Pier Plas
Pier Plas
 
Peças
PEÇAS
 
Acessórios
Acessórios
 
Tapetes, Capas, Ancoras, Reboques
Tapetes, Capas, Ancoras, Reboques
 
Tow-in & Wake
Acessórios
 

 

 

 

 


 Competições: e-News - cadastre-se | Perfil dos Pilotos | Entrevistas | Todas as notícias

 

 

 

Flyboard - Febre na Europa e nos EUA, o número de adeptos cresceu em pouco tempo

 

15/07/2014

 

Falamos com um representante do esporte no RJ e com o presidente da FER.

Ambos esperam um crescimento de adeptos em pouco tempo

por André Nespoli

Não que já seja um stand-up paddle, mas o flyboard tem tudo para conquistar a galera e até superar. Se você já sonhou em voar, precisa conhecer este esporte. Criado em 2011 pelo francês Franky Zapata, famoso piloto de jet ski e empreendedor, a prática é famosa lá fora, seja nos Estados Unidos ou na Europa, e já tem seus fãs aqui no Brasil e é realmente uma experiência daquelas que você vai poder riscar da sua lista de desejos.


Qualquer um pode brincar, já que um instrutor fica no jet ski (sim, a aparelhagem toda fica ligada a ele e é imprescindível), e é possível voar até dez metros, o que é muito, muito bacana.

“O jet ski perde sua função de deslocamento e velocidade, que passa a ser transferida para a mangueira que propulsiona a bota para a direção que o praticante comandar. Ou seja, no caso de um inexperiente, a aceleração será mínima e ele irá voar baixo”, explica Thiago Caldas, da Flyboard Rio de Janeiro, empresa que ministra aulas de flyboard e até vende a aparelhagem.

Assim, conforme o instrutor vai sentindo que o aluno se sente bem no módulo, acelera mais, tirando qualquer risco de acidente (assista o vídeo abaixo).

“Ideal que seja praticado em locais com dois metros ou mais de profundidade, com pouca ondulação e com um raio de distância seguro entre terceiros e também de pedras e objetos que possam machucar o praticante”, lista Thiago que, ao lado de sua equipe, já ensinou mais de 300 pessoas desde o ano passado, sem nunca ter tido um acidente.

Desde o ano passado, estrelas como Leonardo DiCaprio e Vin Diesel já se aventuraram na novidade. Até o DJ/modelo brasileiro Jesus Luz já aderiu (foto abaixo) e, segundo Marcelo 'Tchello' Brandão, presidente da Federação dos Esportes Radicais (FER) o flyboard tem tudo para cativar cada vez mais praticantes.

“Pelo próprio apelo visual que ele tem e pelo ‘gostoso’ que é a pratica, tem se espalho pelo mundo inteiro. Hoje você procura no Facebook e em qualquer país, qualquer buraco que tenha, o pessoa já está andando de flyboard.

É um esporte que definitivamente veio para ficar”, disse.

Com uma aparelhagem que custa cerca de R$ 23 mil no Brasil, está é, sem dúvida, a principal dificuldade para quem quer sobrevoar a água em cima da prancha e se sentir ao Super-Homem misturado ao Aquaman. Para isso, você tem que ter uma conta bancária como a do Batman.

“Mesmo assim, isso está sendo contornado porque grupos têm comprado.

Um tem um jet ski, outro tem o equipamento. Racha com o amigo em dois.

Mesmo porque é uma coisa que você cansa muito, é um exercício forte. É uma ‘academia’ andar de flyboard. Então, não dá pra andar por muito tempo também.

Meia hora, direto, enfim, aí você reveza, troca com os amigos. Isso é o que tem ajudado na popularização”, contrapõe Tchello.

Segundo o presidente da FER, o órgão já está pensando em organizar campeonatos nacionais, além de outros de menor porte.

vejam outras informações: http://www.pronautica.com.br/Fly_Board/fly_board.htm

Vídeo com apresentação de Frank Zapata:

 

Novidade na área

Já ouviu falar do hoverboard?

Dizem que é o sonho de todo skatista, já que ele seria um skate, sem rodas, que flutua! O flyboard meio que tomou a ideia para si, e o levou para o seu mundo.

Para explicar melhor, Tchello Brandão:

“É uma prancha, nova, com o mesmo princípio do flyboard.

Você, simplesmente, tira a prancha do flyboard da ponta da mangueira e encaixa essa outra prancha. O hoverboard, ao invés de você andar de frente como no flyboard, vai andar de lado, como se você estivesse realmente em uma prancha de surfe ou de skate. Então muda a sua forma de pilotar o flyboard”, explica.

Ou seja, é um boost para quem já pirou na ideia do flyboard.

“Ele tem características diferentes, anda mais para a frente do que para cima e é um pouco mais rápido, possibilitando algumas manobras diferentes do flyboard.

Também já está virando uma febre.


Nem chegou ao Brasil, já que vamos receber aqui em julho, mas já tem muitos pedidos. Vai ter outra opção de prancha no flyboard”, esclarece.

 

Veja um pouco mais do hoverboard em ação no vídeo abaixo:

 

Fonte:
http://virgula.uol.com.br/esporte/radicais/febre-na-europa-e-nos-eua-flyboard-ganha-fama-no-brasil-e-vai-te-levar-alturas

 

 

 

 

topo